Faça seu Imposto de Renda sem sair de casa!

O que você precisa saber sobre o imposto de renda em 2020.

Para evitar erros, omissões e outros transtornos, a recomendação é enviar a declaração logo no início do prazo. Assim, você terá tempo hábil de corrigir possíveis incongruências. Além disso, quanto mais cedo você enviar sua declaração, mais cedo receberá a restituição.

Preencha seus dados:

Sim! Todos os anos, a Receita Federal traz algumas mudanças, e esse ano não foi diferente:

Uma delas é a possibilidade de selecionar com um flag a definição do bem como pertencente ao “titular” ou ao “dependente”.

Outra alteração é que não é mais permitido deduzir o INSS dos empregados domésticos, recolhidos pelos empregadores.

Além disso, se você recebeu mais de R$ 200 mil reais no ano base, ou seja, em 2019, deverá obrigatoriamente inserir o número do recibo da declaração de impostos de renda do ano anterior.

Caso se encaixe em um ou mais itens listados abaixo:

  • Recebeu rendimentos tributáveis cuja soma anual em 2019 foi superior a R$ 28.559,70, ou seja, a soma de seus recebimentos provenientes de salários ou pró-labore, aluguéis, aposentadoria, pensões, etc, ultrapassou este valor;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • Obteve ganho na venda de bens;
  • Realizou operações em bolsa de valores;
  • Teve rendimentos obtidos pela atividade rural, em valor superior a R$ 142.798,50;
  • Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava em 31 de dezembro;
  • Em 31 de Dezembro de 2019, teve a posse ou propriedade de bens ou direitos de valor total superior a R$ 300.000,00.
  • Optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005

Vale lembrar que continuará sendo aplicada a multa para quem não entregar dentro do prazo ou não fizer a declaração. Essa multa varia de R$ 165,74 até 20% do imposto devido.

A Secretaria da Receita Federal liberou no dia 20 de fevereiro o download do programa gerador do Imposto de Renda 2020. Do computador, o contribuinte pode baixar os programas do Windows, Multiplataforma (zip) e Outros (Mac, Linux, Solaris). Para os celulares, os programas estão disponíveis para Android e IOS.

Nós podemos ajudar você com seu Imposto de Renda 2020! Sem precisar sair da sua residência, fazemos todos os tramites para você ficar tranquilo com o Imposto de Renda 2020.

Preencha o Formulário ao lado para mais informações para iniciar esse processo, é simples!